SOS Cabelo da Paulista: Soluções Para Cuidar dos Fios de Quem Vive em São Paulo

Soluções-Para-Cuidar-dos-Fios-de-Quem-Vive-em-São-Paulo

A composição da matriz étnica da mulher paulista se reflete na formação do cabelo de quem vive na cidade: uma mistura da raça europeia (caucasiana), ameríndia (índio), mameluca (branco + índio) e negra.  Essa herança genética somada às condições de temperatura, umidade, qualidade do ar, radiação solar, poluição e hábitos diários, fazem do cabelo da mulher que mora em São Paulo único em relação aos fios das mulheres dos demais estados do País.

Agressões climáticas

Estudos indicam que ao longo dos anos, a impermeabilização do solo e o aumento do total anual de chuvas na região metropolitana de São Paulo, favoreceu o aumento da umidade, deixando o cabelo da paulistana com mais frizz. “Por causa da qualidade da água e dos altos níveis de poluição, a paulistana tem também o cabelo mais sujo do Brasil, que se deve ao acúmulo da sujeira do dia-a-dia e resíduos de metais presentes na água do banho”, explica a consultora técnica da Goldwell, a engenheira química e cosmetóloga Sonia Corazza.

A radiação solar também prejudica os cabelos de quem vive em São Paulo. Os fios expostos à radiação UV extrema ao longo de todo o ano, estão sujeitos a oxidação e consequente envelhecimento e desbotamento da cor. “A radiação solar é ampliada pela intervenção do material particulado no ar. Quando cada raio de sol incide numa partícula de poluição, sua ação é amplificada e se torna ainda mais prejudicial”, explica Sonia.

Agressões térmicas e químicas

Às agressões externas somam-se aos danos autoinduzidos aos cabelos. “Acostumada a utilizar o secador diariamente, a chapinha sempre e o babyliss às vezes, a paulistana tem cabelos mais desidratados, porosos e propensos à quebra”, ressalta Sonia. Muitas ainda adicionam colorações ou descolorações mensais e remodelam os fios por meio de alisamentos químicos a cada dois meses, resultando em cabelos mais desestruturados e frágeis.

A marca alemã de cuidados com os cabelos que alia tecnologia e inovação para tratar, colorir e nutrir os fios, Goldwell, apresenta uma série de soluções para cuidar do cabelo da paulista de forma única e personalizada.

KIT SALVA-VIDAS

Com frizz, sujeira, oxidação, poluição e agressões autoinduzidas, o cabelo da mulher paulista precisa de cuidados personalizados para que os resultados sejam melhores e mais duradouros. A expertise no tratamento e cuidado com os fios da linha Kerashape, de Goldwell, oferece soluções únicas para cada necessidade desses fios.

Para cuidar dos cabelos sujos, indisciplinados e desidratados graças a ação da poluição e dos danos autoinduzidos, o shampoo de Kerashape Repower contém um mix de tensoativos equilibrados, que limpam e purificam com eficácia o couro cabeludo e os fios, sem agredir. O produto também ameniza o frizz, fazendo um pré-condicionamento suave, sem pesar nos fios.

Com ação revitalizadora e de hidratação, o condicionador Kerashape Repower garante a penteabilidade dos fios graças ao poder da queratina modificada e da seda leve, que contribuem para o suporte estrutural e a elastina, que penetra profundamente na fibra para fortalecê-la desde seu interior, aumentando a resistência e elasticidade dos fios.

Para finalizar e manter os cabelos livres do frizz e da radiação solar, o Protective Blow Dry Spray, de Kerashape Color, é a melhor sugestão. O spray bifásico desembaraça e dá brilho instantaneamente, garantindo cabelos suaves como seda, protegidos do calor e dos raios UV.  O produto hidrata imediatamente, evitando a porosidade do fio e o frizz, protege contra os danos térmicos causados pela água quente, secador e chapinha e protege também da radiação solar diária em São Paulo.

Beijocas e até mais!!

Me sigam também nas redes sociais! Patrícia Cabral ⇒ Instagram– Facebook – Google+

 

Anúncios

Radiação UV também é perigosa no inverno

Pele-Radiação-UV-Sol-Inverno

Com a chegada do inverno, a preocupação que antes era em relação à proteção ao sol, passa a ser em manter o corpo quentinho. Porém, é justamente durante esse período que as radiações ultravioletas podem ser ainda mais perigosas.

A ausência de sol engana e a baixa nebulosidade também pode provocar um aumento do índice de raios UV. Com menos nuvens para proteger, os raios ultravioletas acabam chegando com mais intensidade à superfície. Por isso mesmo, as pessoas não devem se descuidar.

O câncer de pele é o mais frequente no Brasil e corresponde a 30% de todos os tumores malignos registrados. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia – SBD, são cerca de 176 mil novos casos por ano no país. Entre as principais causas estão justamente a exposição excessiva à esse tipo de radiação.

Sendo assim, além dos cuidados comuns como evitar a exposição ao sol em determinados horários e usar protetores solares, uma alternativa que tem se mostrado cada vez mais eficiente é o uso de roupas e acessórios com proteção UV.

Capazes de absorver até 90% dos raios solares, esse produtos ainda atendem a diferentes gostos e estilos. Muito além das opções praia e esportiva, atualmente, é possível encontrar roupas e acessórios que podem ser usados no dia a dia, sem abrir mão do gosto pela moda.

Contudo, para garantir a eficácia do material é importante comprovar a qualidade dos produtos comercializados pela marca que você escolher. Para isso, é essencial verificar se as roupas são certificadas pela Arpansa, único órgão no mundo responsável por testar fator UV em roupas e acessórios.

Não se engane acreditando que só porque as temperaturas estão mais baixas sua pele está protegida. Estar exposto a radiação pode tanto provocar o envelhecimento precoce da pele, quanto o surgimento de pintas que, futuramente, podem propiciar o surgimento de câncer. Por isso, proteção nunca é demais.

Até mais!!

Me sigam também nas redes sociais!! Patrícia Cabral —> InstagramFacebookGoogle+  

 

Testei e amei: Protetor Solar Tonalizante em pó FPS 50 da Biomarine

Pó-Compacto-FPS-50-Sun-Marine-Color-Biomarine

Hoje vim falar de um produto super prático, com um resultado maravilhoso e que eu não vivo mais sem, o protetor solar tonalizante em pó compacto, fps 50 e oil free da Biomarine.

O meu protetor em pó da Adcos ( tem resenha dele aqui ) estava no finalzinho então resolvi comprar este para testar, além do fato curiosidade ele estava mais barato que o da Adcos.

O que diz a marca:

O Sun Marine Color Pó Compacto Oil Free FPS 50 oferece 92,4% de proteção aos raios UVA. É um pó compacto para proteger a pele com tecnologia Acqua Mineral. Possui uma combinação perfeita de particulas minerais com acqua de coco e complexo anti-radicais livres, que ajuda a prevenir os danos da pele causados pela ação das agressões externas. Foi desenvolvido com filtros solares físicos altamente estáveis que promovem proteção imediata contra os efeitos da radiação solar, além de ter cobertura total e duradora que auxilia a mascarar as imperfeições da pele. Possui uma textura leve, com efeito mate, toque aveludado e ampla proteção UVA e UVB. Seu uso ajuda a reforçar a resistência cutânea. Indicada para todos os tipos de pele.

O que eu achei:

A primeira coisa que me chamou a atenção foi a alta proteção solar fator 50, perfeito! Ele promete nos proteger em 92,4% dos raios UVA ( o que é UVA, UVB, etc, veja aqui ).

Esse pó tem uma textura super fininha, fácil de aplicar, não craquela e nem marca as linhas e poros, sua cobertura é leve, porém bem boa, mas nesse quesito o da Adcos saí na frente, a cobertura dele é bem maior.

O produto uniformiza muito bem o tom da pele por ser tonalizante ele dá uma leve cobertura e uniformizada ao mesmo tempo, a minha cor é a bege.

Seu acabamento é opaco e ele é oil free, deixando a pele sequinha ao longo do dia, porém hidratada pela presença do caviar que contém proteínas, vitaminas e aminoácidos que mantém a pele hidratada.

Vejam a textura do pó na pele:

DSC09281

A pele fica uma seda de macia, com a textura mais lisa, pois ele não é um simples pó, ele protege além de cuidar ao mesmo tempo, percebo que quando uso ele pela manhã pra finalizar a maquiagem, a maquiagem resiste por mais tempo.

O mais legal nesse produto é a praticidade na hora de retocar o protetor solar sem a necessidade de lavar o rosto e aplicar todos os produtos e a maquiagem novamente, é só espalhar o pó novamente pela face e pronto!

Ah e não dá pra deixar de mencionar, o sun marine tem um cheirinho delicioso de produto chique, sabe?

O produto tem um ótimo rendimento, acredito que dure de dois a três meses, dependendo do uso, eu uso pela manhã e durante o dia para retoque e o meu está no finalzinho só agora depois de um pouco mais de 3 meses.

O preço médio fica em torno de R$ 75,00, o meu eu comprei na drogaria iguatemi, porém ele é facilmente encontrado em farmácias e lojas online.

Beijocas e até mais…

Patty

Patrícia Cabral  —> Facebook , Instagram , Google+ , Snapchat: falandodebeleza 

 

FATORES QUE CONTRIBUEM PARA O ENVELHECIMENTO DA PELE

Radiação solar

A radiação solar atua na pele causando desde queimaduras até foto envelhecimento e aparecimento dos cânceres de pele. Várias alterações de pigmentação da pele são provocadas pela exposição solar, como as manchas, pintas e sardas. A pele foto envelhecida é mais espessa, por vezes amarelada, áspera e manchada. Pessoas com pele envelhecida pelo sol têm maior probabilidade de desenvolver câncer e lesões pré-cancerosas.

Cigarro

Pessoas fumantes possuem marcas acentuadas de envelhecimento na pele. O calor da chama e o contato da fumaça com a pele provocam o envelhecimento e a perda de elasticidade cutânea. Além disso, o fumo reduz o fluxo sangüíneo da pele, dificultando a oxigenação dos tecidos. A redução deste fluxo parece contribuir para o envelhecimento precoce da pele e para a formação de rugas. Rugas acentuadas ao redor da boca são muito comuns em fumantes.

Álcool

O consumo de álcool influi no metabolismo. Altera a produção de enzimas e estimula a formação de radicais livres, que causam o envelhecimento. A exceção à regra é o vinho tinto, consumido moderadamente, que contém flavonóides, que têm ação antioxidante.

Movimentos musculares

O movimento repetitivo e contínuo de alguns músculos da face aprofunda as rugas, causando as chamadas marcas de expressão, como as rugas ao redor dos olhos. Já a atividade muscular é importante para o organismo como um todo, tornando a pessoa mais disposta, melhorando seu físico e também a sua saúde.

Radicais livres

São uns dos maiores causadores do envelhecimento cutâneo. Os radicais livres se formam dentro das células pela exposição aos raios ultravioleta, pela poluição, estresse, fumo, etc. Acredita-se que os radicais livres provocam a degradação do colágeno (substância que dá sustentação à pele) e a acumulação de elastina, que é uma característica da pele fotoenvelhecida.

Bronzeamento Artificial

A Sociedade Brasileira de Dermatologia condena formalmente o bronzeamento artificial que pode causar o envelhecimento precoce da pele (rugas e manchas) e formação de câncer de pele.

Envelhecimento e Alimentção

Uma dieta não balanceada contribui para o envelhecimento da pele. Assim como a ingestão de líquidos é importante para a saúde geral e também para a hidratação do organismo, a dieta é importante para manter a pele saudável. Existem elementos que são essenciais e devem ser ingeridos para repor perdas ou para suprir necessidades, quando o organismo não produz a quantidade diária suficiente. São eles: água em abundância, vegetais, frutas, peixe, carnes magras, etc. Enfim, toda a gama de alimentos que contenham as vitaminas, proteínas e fibras necessárias ao organismo e que ajudem a prevenir os radicais livres, que aceleram o processo do envelhecimento.

Tratamento do Envelhecimento

Sabendo-se do papel do sol no envelhecimento da pele, qualquer tratamento de rejuvenescimento obrigatoriamente começa com filtro solar! Como regra “básica” devemos preferir os filtros com FPS 15 ou maior, que protejam contra os raios UVA e UVB. Outros tratamentos podem ser indicados pelo dermatologista, como técnicas de preenchimento, cirurgias e a aplicação de medicamentos. Os dermatologistas tem os conhecimentos necessários para fazer esta indicação e prescrever o melhor tratamento para cada caso.

Fonte: sbd.org.br

Até mais…

Patty

 

Como aplicar o protetor solar, qual a quantidade correta?

protetorsolar1

Na praia ou na piscina, não basta usar o filtro solar, é preciso aplicar corretamente, veja como nas dicas abaixo:

Passe entre quatro e sete colheres de sopa do produto cerca de 30 minutos antes de sair ao sol. Espalhe o produto generosamente pelo corpo, sem esquecer os pés, as mãos e as orelhas. Não economize, pois quanto menor a quantidade de filtro solar utilizada, menor será a proteção oferecida. Reaplique o produto a cada duas horas, ou sempre que entrar na água ou transpirar muito.

Use apenas protetores confiáveis, de fabricantes conhecidos, com um Fator de Proteção Solar (FPS) 20, no mínimo. Quanto mais clara  a pele, maior deve ser o FPS.

Não abuse dos cosméticos antes de ir à praia ou à piscina, fique apenas com o protetor solar. Perfumes e cremes com cheiro forte podem sensibilizar a pele ao sol e provocar queimaduras, manchas ou outros problemas. O uso de cremes à base de ácidos é proibidíssimo, pois há risco de queimaduras e danos graves.

Maquiagem leve (base e pó) está liberada, desde que os produtos contenham Fator de Proteção Solar.  Os desodorantes também podem ser utilizados livremente, mas o ideal é optar por uma versão sem perfume, para não irritar a pele.

Fonte:campanhapelasaudedapele

Beijocas

Patty