SOS Cabelo da Paulista: Soluções Para Cuidar dos Fios de Quem Vive em São Paulo

Soluções-Para-Cuidar-dos-Fios-de-Quem-Vive-em-São-Paulo

A composição da matriz étnica da mulher paulista se reflete na formação do cabelo de quem vive na cidade: uma mistura da raça europeia (caucasiana), ameríndia (índio), mameluca (branco + índio) e negra.  Essa herança genética somada às condições de temperatura, umidade, qualidade do ar, radiação solar, poluição e hábitos diários, fazem do cabelo da mulher que mora em São Paulo único em relação aos fios das mulheres dos demais estados do País.

Agressões climáticas

Estudos indicam que ao longo dos anos, a impermeabilização do solo e o aumento do total anual de chuvas na região metropolitana de São Paulo, favoreceu o aumento da umidade, deixando o cabelo da paulistana com mais frizz. “Por causa da qualidade da água e dos altos níveis de poluição, a paulistana tem também o cabelo mais sujo do Brasil, que se deve ao acúmulo da sujeira do dia-a-dia e resíduos de metais presentes na água do banho”, explica a consultora técnica da Goldwell, a engenheira química e cosmetóloga Sonia Corazza.

A radiação solar também prejudica os cabelos de quem vive em São Paulo. Os fios expostos à radiação UV extrema ao longo de todo o ano, estão sujeitos a oxidação e consequente envelhecimento e desbotamento da cor. “A radiação solar é ampliada pela intervenção do material particulado no ar. Quando cada raio de sol incide numa partícula de poluição, sua ação é amplificada e se torna ainda mais prejudicial”, explica Sonia.

Agressões térmicas e químicas

Às agressões externas somam-se aos danos autoinduzidos aos cabelos. “Acostumada a utilizar o secador diariamente, a chapinha sempre e o babyliss às vezes, a paulistana tem cabelos mais desidratados, porosos e propensos à quebra”, ressalta Sonia. Muitas ainda adicionam colorações ou descolorações mensais e remodelam os fios por meio de alisamentos químicos a cada dois meses, resultando em cabelos mais desestruturados e frágeis.

A marca alemã de cuidados com os cabelos que alia tecnologia e inovação para tratar, colorir e nutrir os fios, Goldwell, apresenta uma série de soluções para cuidar do cabelo da paulista de forma única e personalizada.

KIT SALVA-VIDAS

Com frizz, sujeira, oxidação, poluição e agressões autoinduzidas, o cabelo da mulher paulista precisa de cuidados personalizados para que os resultados sejam melhores e mais duradouros. A expertise no tratamento e cuidado com os fios da linha Kerashape, de Goldwell, oferece soluções únicas para cada necessidade desses fios.

Para cuidar dos cabelos sujos, indisciplinados e desidratados graças a ação da poluição e dos danos autoinduzidos, o shampoo de Kerashape Repower contém um mix de tensoativos equilibrados, que limpam e purificam com eficácia o couro cabeludo e os fios, sem agredir. O produto também ameniza o frizz, fazendo um pré-condicionamento suave, sem pesar nos fios.

Com ação revitalizadora e de hidratação, o condicionador Kerashape Repower garante a penteabilidade dos fios graças ao poder da queratina modificada e da seda leve, que contribuem para o suporte estrutural e a elastina, que penetra profundamente na fibra para fortalecê-la desde seu interior, aumentando a resistência e elasticidade dos fios.

Para finalizar e manter os cabelos livres do frizz e da radiação solar, o Protective Blow Dry Spray, de Kerashape Color, é a melhor sugestão. O spray bifásico desembaraça e dá brilho instantaneamente, garantindo cabelos suaves como seda, protegidos do calor e dos raios UV.  O produto hidrata imediatamente, evitando a porosidade do fio e o frizz, protege contra os danos térmicos causados pela água quente, secador e chapinha e protege também da radiação solar diária em São Paulo.

Beijocas e até mais!!

Me sigam também nas redes sociais! Patrícia Cabral ⇒ Instagram– Facebook – Google+

 

Anúncios