As diferenças entre o melasma, manchas de sol e sardas

manchas-pele-melasma-sardas

Você sabe diferenciar o melasma de manchas de sol, sardas ou marcas congênitas? Mais do que entender as diferenças entre elas, é fundamental saber como tratar cada uma. Fique atento ao dicionário das manchas.

Melasma – também chamado de cloasma, pode surgir principalmente no rosto e outras partes mais comumente expostas ao sol. As manchas possuem tom marrom, em diferentes intensidades e forma irregular. Não há uma única causa definida para o melasma, mas sabe-se que ele está relacionado principalmente à exposição solar, além de uso de anticoncepcionais e algumas outras medicações, fatores hormonais, predisposição genética e à gravidez. Como tratar? Tratar o melasma exige cuidados contínuos. Isso porque, mesmo que o pigmento seja reduzido, não se consegue bloquear completamente a resposta anormal da célula a luz.

Sardas – As sardas (efélides) são manchas causadas pelo aumento da melanina – pigmento que dá cor à pele – e que também existem por uma tendência familiar, surgindo, principalmente, em pessoas de pele clara (fototipo I e II) e ruivas. São causadas pela exposição continuada da pele ao sol e tendem a escurecer mais durante o verão. Como tratar? A luz pulsada é uma das melhores opções para o tratamento das sardas, mas a melhor recomendação é prevenir seu aparecimento e/ou piora com a aplicação correta de filtros solares.

Marcas congênitas – Essas manchas, que já nos acompanham desde o nascimento, são benignas, na maioria dos casos, e devem ser acompanhadas por um dermatologista. Como tratar? Não necessariamente é preciso a retirada da “marca”, sendo a remoção realizada total e/ou parcial recomendada no caso de desconforto estético e/ou alterações que identifiquem que surgiu malignidade. Alguns lasers podem ser usados na dependência do tipo da lesão.

Lentigo solar ou melanose – Com um nome técnico desconhecido por muitas pessoas, essas são as tradicionais “manchas da idade” que aparecem mais tardiamente, dando um tom acastanhado ás áreas como as mãos, colo e o rosto. Causadas pelo sol, podem ser prevenidas pelo uso dos protetores. Como tratar? O uso de tecnologias como a luz pulsada e alguns lasers são muito eficazes na melhora do quadro.

Fonte: Portal do Melasma

Muitooo obrigada por sua visita, espero que volte sempre!

Me sigam também nas redes sociais! Patrícia Cabral ⇒ Instagram– Facebook – Google+

Anúncios

Pele: minha rotina atual de cuidados com as manchas e melasmas

rotina-atual-cuidados-pele-manchas-melasma

Oi pessoal tudo bem?

Vou compartilhar com vocês a minha rotina atual de cuidados com a pele que hoje se encontra com algumas manchinhas e também melasmas, algums produtos foram indicados e outros comprei pra testar, lembrando que é sempre importante consultar o seu dermatologista.

Eu tive a sorte de ter uma pele boa durante e logo após a gravidez, não me descuidei não, me preveni usando um clareador/controlador de hiperpigmentação indicado na época por minha dermato (CLARIFIANT Sérum Concentrado Clareador da Roc- resenha aqui), muito protetor solar e o azelan caso aparececem espinhas, porém depois de alguns meses fui percebendo mais uma manchinha aqui, outra ali que mais pareciam sardas, o tempo passou as benditas aumentaram de tamanho e  foram se juntando e aí pronto o melasma fez a sua estréia por aqui!

Mudei algumas coisinhas em minha rotina e tô caprinhando muito no protetor + vitamina c e alguns cuidados extras conforme mostrarei pra vocês.

rotina-atual-pele-manchas-melasma-blog-falando-de-beleza

 

Azelan Gel: esse estou usando apenas durante a noite aplicando apenas nas manchas, as minhas são bem pontuais ( bochechas e nariz) e ainda estão pequenas ( espero que continuem assim! ) nada muito forte, por enquanto tá resolvendo.

C E FERULIC: terminei recentemente o active c 10 da La Roche ( resenha aqui) e semana passada dei início ao C E Ferulic da Skinceuticals que é bem mais potente e possui uma concentração maior de vitamina C (15%) além da vitamina E e do ácido ferúlico. Aplico 4 gotas pela manhã e já tô amando o resultado na pele!

Percebo que a combinação de um antioxidante juntamente com o filtro solar protege ainda mais a pele não permitindo que as manchas escureçam e ainda ajudam a clarear seu tom.

Advanced Pigment Corrector Skinceuticals: o Advanced Pigment foi indicado para manutenção pois além de clarear protege a pele contra a reincidência das manchas, eu aplico no rosto todo pela manhã depois do C E Ferulic ou a noite intercalando com o Azelan, percebi a minha pele mais uniforme, resenha em breve por aqui.

Idéal Capital Soleil Clarify FPS 60 com cor Vichy: clareia enquanto protege, possui bom fator de proteção, cobertura boa, fácil de aplicar, não é tão sequinho quanto o meu queridinho Anthelios Airlicium Fps 70 da La Roche-Posay (tem resenha aqui) quando ele acabou começei a usar o Clarify pra poder resenhar, gostei muito, mas confesso que prefiro o Airlicium, ele é mais sequinho, mais limpo e o seu acabamento na pele é mais bonito.

Active Unify Fusion Fluid FPS99 ISDIN: depois que testei e me apaixonei pelo Fusion Water Oil Control FPS 50+ fiquei louca pra conhecer outros produtos da marca e então pesquisei e comprei o Active Unify que é protetor/clareador. Primeiramente ele me atraiu por seu alto fator de proteção FPS 99 e UVA 49 seguido da promessa de clareamento gradual com resultados em 1 mês.

Sua textura é bem líquida, é fácil de aplicar,hidrata bem, deixa a pele esbranquiçada, brilhando e demora pra secar, arde super os olhos, é resistente à água, o que é ótimo. Não sei se compraria novamente, tô usando ele apenas em casa pois ele deixa a pele bem grudenta e brilhosa, nesse calorzão dá agonia, talvez ele se comporte melhor no inverno.

Ainda não percebi os resultados quanto ao clareamento, resenha com todos os detalhes em breve!

Sun Marine Color Pó Compacto Oil Free FPS 50 Biomarine: uso o protetor em pó da Biomarine para reforçar a proteção, finalizar a maquiagem e para reaplicar quando estou na rua, esse é um dos meus preferidos (tem resenha aqui). Ele possui fps alto com proteção UVB e UVA, é bem fininho, tem cobertura leve, deixa a pele matte e aveludada e tem um cheirinho delicioso.

Tá aí o meu arsenal contra as manchas, claro que tem outras coisinhas que acabo usando no dia a dia também, como creme para os olhos, esfoliante, limpador, água termal, mas isso é assunto pra outro post sobre rotina básica de cuidados que postarei em breve, certo?

E vocês tem usado o que pra combater as manchas e melasmas? Deixe aqui a sua dica!

Uma ótima tarde pra vocês!!

Patrícia Cabral  —> Facebook   Instagram  Google+  Snapchat: falandodebeleza  

 

 

 

 

 

 

 

Melasma: como prevenir e tratar para reverter o problema?

melasmas-cuidados-tratamentos

Os meios preventivos para evitar o aparecimento do melasma estão relacionados à diminuição da exposição direta do rosto aos raios solares intensos. Veja algumas medidas que você pode tomar:

  • Usar filtro solar com barreira física: nenhum conselho é melhor do que este quando se fala da prevenção de doenças relacionadas à exposição solar. Independente de sua cor de pele, o filtro solar é essencial e não somente na praia ou piscina. Use-o ao sair de casa, ao ir para o trabalho ou para qualquer lugar onde você vai estar exposta ao sol. O fator de proteção solar mais indicado é a partir do 30.
  • Fazer uso de bonés ou chapéus: excelentes para proteger a pele do rosto e diminuir os efeitos da radiação solar. Use chapéus grandes para uma maior proteção.
  • Maquiagem: maquiagem com proteção solar são excelentes para o dia a dia, como no caso dos protetores com base. Eles disfarçam o melasma e ao mesmo tempo protegem o seu rosto de agressões solares.

Para uma resolução mais definitiva do melasma, é importante procurar uma clínica especializada onde você poderá fazer um tratamento para reverter o problema. Alguns destes tratamentos incluem:

  • Despigmentantes: são produtos clareadores, prontos ou manipulados, para uso doméstico.
  • Peeling de Diamante: técnica de dermoabrasão com cristais de diamente, um modo mais sutil de tratar a pele danificada. É simples, rápido e indolor.
  • Peeling químico: é feita uma descamação da pele, uma esfoliação mais profunda, realizada com aparelhos especializados. Neste processo são removidas camadas danificadas da pele, devolvendo o aspecto natural em poucos dias.

Fonte:femclinica

Voltem sempre! Beijocas e até mais!

Patrícia Cabral  —> Facebook , Instagram , Google+ , Snapchat: falandodebeleza 

 

 

 

 

Como prevenir e tratar manchas de pele no verão

manchas-pele

Com as altas temperaturas, os tradicionais ácidos de inverno devem ser substituídos. Especialistas explicam como continuar tendo efetividade no tratamento das manchas também no verão.

Muitos cremes pretendem clarear a pele, mas apenas alguns ingredientes realmente entregam resultados. “E, evidentemente, não há melhora sem que o tratamento seja acompanhado por fotoproteção eficiente. Os raios UV do sol desencadeiam nova produção de pigmento assim como a luz visível e luz infravermelha. Além disso, se a pessoa continuar tomando muito sol, o problema se agrava”, explica o dermatologista Dr. Jardis Volpe, da Clínica Volpe (SP). “A mancha também está relacionada a um estresse oxidativo, que ocorre internamente e que aumenta a oxidação sistêmica, então ativos antioxidantes e anti-inflamatórios são necessários”, completa a farmacêutica Mika Yamaguchi, diretora científica da Biotec Dermocosméticos.

Os especialistas listam abaixo, em três pontos, o que é indicado para tratar manchas no verão:

Prevenção: “Além do FPS, é recomendado o uso de antioxidantes que potencializem a fotoproteção, como a Vitamina C e E”, afirma o dermatologista. A farmacêutica Mika acrescenta que ingredientes como OTZ 10 e Alistin também agem prevenindo as manchas por atuarem como antioxidantes, que evitam o estresse celular. “Eles protegem o DNA celular e diminuem a ação dos raios UVA, Infravermelho A e luz visível — estes dois últimos, a curto prazo, causam uma pigmentação na pele, sendo necessário uma proteção contra os danos causados por eles”, explica Mika.

Despigmentantes seguros: Atuar na síntese e transferência da melanina (pigmento que dá cor à pele) é uma forma de diminuir o aparecimento de manchas. Fique atento ao rótulo já que a Vitamina C ganha reforço de alguns ácidos — que devem ser usados no verão (ferúlico, kójico e azelaico) para clareamento em substituição a outros mais tradicionais do tempo frio (retinoico, glicólico e mandélico). “O ácido ferúlico fornece hidrogênio para neutralizar os radicais livres, tem ação clareadora e fotoprotetora; o kójico evita que as células fabriquem melanina; já o azeláico, inibe a enzima responsável pela produção do pigmento”, afirma o dermatologista. A farmacêutica acrescenta que a fórmula pode, ainda, contar com ativos que reforcem e estimulem a renovação epidérmica, como Hyaxel (ácido hialurônico vetorizado pelo silício orgânico) e Pro Barrier Repair.

Lasers não agressivos: O dermatologista acrescenta, por fim, que em alguns casos tratamentos clínicos com lasers devem ser feitos. “Com relação a procedimentos, o laser SPECTRA (um referencial no controle do melasma) agora dispõe de um procedimento, SPECTRA Lumina, que combina os três modos de ação do laser e tem benefícios: no clareamento de manchas e olheiras, na luminosidade da pele e na redução de poros”, explica. De acordo com o médico, o equipamento emite lasers ultrarrápidos e de baixa energia que atingem os melanócitos cutâneos (a origem do pigmento), promovendo além disso um processo global de melhora do aspecto da pele. “O procedimento pode ser realizado no verão, não atrapalha as atividades diárias do paciente e não causa reação inflamatória. Os pacientes já conseguem notar resultados nas primeiras sessões”, explica.

Aqui no Falando de Beleza tem várias resenhas de produtos clareadores que eu já testei: Clarifiant ROC –  Melan Off Adcos Pigmentclar La Roche-Posay  , entre outros- assim como também de vários protetores solares (basta digitar na busca), item super importante e indispensável para o cuidado com a pele manchada!

Beijocas!

Patrícia Cabral  —> Facebook , Instagram , Google+ , Snapchat: falandodebeleza 

 

 

 

clique aqui

 

Se o creme ou hidratante tiver fator de proteção solar, não uso protetor?

dicas-de-pele-hidratante-com-fps

Todo mundo já sabe que o filtro solar é indispensável para proteger a pele dos efeitos nocivos do sol. E graças aos avanços da tecnologia na indústria de cosmético, é possível encontrar no mercado produtos de tratamento (para acne, mancha e anti-idade, por exemplo) com FPS (Fator de Proteção Solar), desde cremes, loções, séruns e até maquiagens. Mas será que esses produtos protegem mesmo e dispensam o uso do protetor solar?

A Dra. Claudia Marçal, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, explica que quando o assunto é proteção, o protetor solar não deve ser substituído: “O ideal é utilizá-lo junto à rotina de beleza, depois da hidratação e revitalização da pele e antes da aplicação da maquiagem. Contudo, na ausência do filtro solar, alguns produtos de tratamento com FPS [cremes faciais e bases] podem garantir certa proteção, mas, claro, com muito menos eficácia”, afirma.

Cremes faciais de tratamento com FPS

Ao utilizar creme facial com FPS e dispensar o filtro solar, é preciso considerar questões importantes. “Se a pessoa está na praia ou à beira da piscina, o mais indicado é usar o próprio filtro solar, pois o creme facial com FPS não será suficiente para garantir a proteção necessária. É preciso considerar também que alguns produtos não são resistentes à agua, como os filtros solares”.

A médica cita que as pessoas tendem a passar quantidades pequenas do creme facial no rosto. “Obviamente, a ação do FPS é reduzida e a pele exposta corre mais riscos, diante da exposição solar. Lembrando que se o creme facial não contiver FPS, é imprescindível o uso do filtro após a aplicação do creme e antes da maquiagem”, afirma a Dra. Claudia.

A dermatologista destaca, no entanto, que em ambientes fechados, o uso de produtos de tratamento com FPS pode ajudar, mas o filtro deve ser passado depois de quatro horas, para que a proteção contra luz visível seja eficiente.

Maquiagem com FPS

As bases com FPS também podem não garantir a proteção necessária. Como no caso dos cremes, nem sempre toda a área do rosto é coberta e as pessoas tendem a utilizar quantias mínimas do produto na pele. As bases tipo BB Cream são práticas para o uso no dia a dia, mas os ingredientes contidos em sua formulação devem ser levados em consideração.

“No caso da pele com acne, é importante optar pelo uso de produtos com toque leve, seco e que seja oil free [livre de óleo]. Essa regra se aplica tanto para cremes, quanto maquiagem”, afirma.

Para quem busca praticidade, mas não abre mão da proteção, a Dra. Claudia indica o uso de filtro solar com coloração, tipo base facial. “A cor hoje é o que mais protege contra a luz visível. Filtros de alta cobertura, com base e cor, fazem parte dos últimos lançamentos em fotoproteção. A cor serve como uma barreira de proteção”, declara.

FPS e filtros físicos

De forma geral, é importante mencionar que o FPS indica a quantidade de tempo que a pele fica protegida quando é exposta ao sol. Outro detalhe importante, nem sempre o FPS alto garante a proteção adequada.” Isso porque os raios UVA e InfraRed furam o bloqueio dos filtros químicos de alguns produtos de fotoproteção e causam danos, como o fotoenvelhecimento”, afirma dermatologista Dra. Claudia Marçal.

A dermatologista também destaca a importância em se atentar ao PPD (Persistent Pigment Darkening) na embalagem dos filtros solares. Esse índice mostra o grau de proteção contra os raios UVA. Normalmente, o PPD é indicado nos produtos por meio de sinal de uma cruz (duas ou três cruzes indicam alta proteção).
A solução, então, é investir em produtos com filtros físicos bloqueadores à base de dióxido de titânio, óxido de ferro e zinco, associados a antioxidantes como OTZ 10, Alistin e o extrato da flor de Edelweiss para reparo imediato da ação danosa dos raios solares.

“Os filtros físicos são como uma parede de tijolos onde a luz bate e volta. Não tem absorvência, tem refletância: e, com isso, há um impedimento de todos aqueles danos cumulativos dos filtros químicos, que são altamente instáveis; então, na sudorese, na água do mar, cloro da piscina, vento e exposição da pele aos fatores ambientais, as moléculas químicas do filtro solar ficam mais instáveis e provocam a perda efetiva de proteção”, explica.

Ainda sobre a importância da utilização do filtro solar, a dermatologista enfatiza: “o uso dos produtos não é apenas essencial contra o fotoenvelhecimento, mas sem o filtro solar a pele sofre com degeneração do DNA cumulativo das sunburn cells (células que surgem na pele após alta exposição aos raios UVA), da predisposição a cancerização das manchas e perdas da arquitetura elástica e de colágeno da pele”.

Fonte: Dra. Claudia Marçal
Dermatologista da Clínica de Dermatologia Espaço Cariz, com especialização pela Associação Médica Brasileira (AMB), membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e membro da American Academy of Dermatology (AAD), CME (Continuing Medical Education) na Harvard Medical School.

Até mais!

Patrícia Cabral  —> Facebook , Instagram , Google+ , Snapchat: falandodebeleza 

 

Super lançamento da Kiehl´s: ClearlyCorrectiveTMDark, clareador de manchas e hiperpigmentação

kiehl's-clearly-corrective

Depois de Photo-age Corrector, lançado em 2010, a Kiehl’s (L´Oreal) introduz ClearlyCorrectiveTMDark Spot Solution, no mercado brasileiro, desenvolvida para clarear manchas, descolorações e hiperpigmentação de maneira rápida e eficaz.

O ingrediente-chave do produto, a proteínaC Ativada potencializada é um derivado de Vitamina C disponível, e a marca traz este ingrediente para o mercado internacional na fórmula exclusiva e totalmente transparente.

Os químicos da Kiehl’s pesquisaram e descobriram que a proteína C Ativada acrescenta um passo inovador e valioso no combate à pigmentação indesejada: a prevenção do acúmulo de melanina. Essa proteína diz-se, dissolve as aglomerações de melanina, tratando o pigmento que já está presente na pele e inibindo novas formações. “Dissolve as áreas de descoloração da pele e previne a formação de novos conjuntos de pigmentos”, diz a empresa.

“Aprendemos que não podemos simplesmente desacelerar a produção e a migração da hiperpigmentação,”afirma a Dra. Angelike Galdi, Vice-presidente adjunto de Pesquisa e Inovação de Kiehl’s Skincare.“Temos que interromper a produção excessiva de melanina, evitar que ela forme aglomerações que se transformam em manchas, impedindo assim que ela chegue até a superfície.. Acreditamos que, com este avanço, todos os produtos de hiperpigmentação passarão a ter o seu desempenho avaliado nesta área.”

O produto contém ainda Extrato de Bétula Branca, hidratante e nutritivo das camadas da derme e da epiderme que, junto com a proteína C Ativada, facilita e dá suporte à aparência de correção da descoloração. E ainda Extrato de Peônia, antioxidante que ajuda a inibir a produção de melanina.

Disponível nas lojas e farmácias pelo preço sugerido de R$ 185,00.

Para maiores informações: www.kiehls.com.br ou através do SAC: 0800 722 8883

Até mais…

Patty

Dual Clear Night da Ada Tina: Pele mais Clara em Apenas 14 dias.

adatina-clareador1

O novo Dual Clear Night de Ada Tina, clareia a pele progressivamente com uma combinação exclusiva de ativos clareadores.

Quando falamos em manchas da pele, logo lembramos um grande vilão, que é o Sol. Durante o verão ele é adorado, todos querem aproveitar ao máximo e acabam se expondo, muitas vezes, de maneira exagerada e sem a proteção adequada. Após esse período, surgem as manchas na pele. Elas podem ser simples ou mais complexas, quem detecta a gravidade é o dermatologista. E, em alguns casos as manchas podem demorar muitos anos para se manifestar na pele.
Com o intuito de resolver o problema das manchas, a Indústria Cosmética está em constante pesquisa para desenvolver e lançar novos produtos a fim de proporcionar cada vez mais benefícios à pele.

Sendo assim, a ADA TINA desenvolveu o Dual Clear Night, um produto capaz de promover 37,5% de clareamento da pele em apenas 14 dias, de maneira segura e eficaz. O Dual Clear Night é um clareador que contém em sua fórmula uma combinação exclusiva de ativos consagrados como Alpha-Arbutin, o ativo mais seguro para clareamento da pele e Lipo-Ascorbil®, vitamina C lipofilizada. Contudo o diferencial deste produto é que a empresa resolveu potencializar a concentração do Endoxyl-IN1, um ativo inovador e exclusivo da ADA TINA que inibe a formação das manchas, antes mesmo delas acontecerem. Isso ocorre por que o Endoxyl IN1 atua na fase pré-melanogênica (antes da formação das manchas) ao inibir um peptídeo chamado endotelina-1, que atua como um mensageiro avisando outras células para que formem manchas.
Assim, inibindo o mensageiro não teremos a formação de novas manchas, mas, sim o efeito clareador potencializado junto ao Alpha-Arbutin e o Lipo-Ascorbil.
Efeito Clareador Progressivo

adatina-clareador

Conforme podemos ver no gráfico , os testes de eficácia comprovaram que o Dual Clear Night promove um efeito clareador progressivo, ou seja, os primeiros resultados significativos podem ser notados em 14 dias, porém seu efeito é melhor dia após dia.

Ao contrário da maioria dos produtos que temos no mercado, a ADA TINA não utiliza em seus produtos ativos que podem trazer algum malefício à pele ou à pessoa como, por exemplo, a Hidroquinona, ativo clareador da pele, o qual estudos têm comprovado ser carcinogênico. Assim, o Dual Clear Night é clareador Hydroquinone-free.

A indicação de uso do Dual Clear Night é diário à noite nas áreas desejadas, antes de deitar. Pela manhã, utilize o Dual Clear FPS 30, clareador com filtro solar da linha Dual Clear.
Produto: Dual Clear Night – emulsão clareadora – 30ml
Modo de usar: Aplicar nas áreas desejadas à noite até obter o clareamento desejado.

Para maiores informações acesse: www.adatina.com ou ligue, SAC: 0800-7742404.

Fonte:holdingcom

Beijocas

Patty