Dermatologistas condenam nova moda de tatuagem para cobrir olheiras

pele_tatuagem_olheiras

Técnica não tem eficácia comprovada cientificamente e pode levar a alergias, manchas e até impedir intervenções futuras de tratamentos dermatológicos. Especialista Livia Pino faz alertas para os pacientes

Vai ano, vem ano e no mundo da estética e da beleza sempre surge alguma novidade que promete resolver problemas e incômodos como num passe de mágica. A cada nova onda, os especialistas ficam de cabelo em pé. No último verão foi o tal do bronzeamento com fita isolante, com consequentes relatos de queimaduras grave na pele de diversos clientes. A bola da vez são as olheiras. As rodelas de pepino e batata sobre a área – dicas do tempo das avós – foram substituidas por tatuagem na área abaixo dos olhos para cobrir os tons arroxeados ou amarronzados. Com custos que variam entre R$ 1 mil e R$ 15 mil, prometem acabar com o semblante cansado das pessoas.

Não é bem assim. A dermatologista Livia Pino, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e professora da Universidade de Medicina de Valença, chama atenção para os diversos riscos de optar por procedimentos como esse.

“Nós dermatolgistas desaconselhamos fazer a técnica da tatuagem nas olheiras. Essa região abaixo dos olhos é uma das áreas mais finas da pele do nosso corpo, com grande possibilidade de desenvolver alergias. Mesmo um tatuador muito experiente corre o risco de colocar algum pigmento ali e estourar um vaso. Isso vai derramar sangue e vai tatuar um outro pigmento, que é o ferro contido dentro da hemácia e isso pode deixar a olheira mais escura definitivamente. Neste caso, esse pigmento é praticamente impossível de tirar”, esclarece a dra Livia Pino.

A médica explica que até existem ácidos que poderiam ser usados para tentar diminuir o efeito de uma tatuagem na região das olheiras, mas que as respostas não são tão boas assim. Na maioria dos casos, melhora, mas não resolve totalmente.

Outra observação feita pela especialista é sobre a dificuldade de achar uma tinta que seja exatamente da mesma tonalidade da pele de cada pessoa.

“Se com o corretivo, que temos uma infinidade enorme de opções de cores e marcas já temos essa dificuldade, imagina uma tinta que fica permanente na pele! E vale lembrar que as olheiras mudam de cor de acordo com vários fatores, tais como sono e estresse. Essa olheira pode ficar mais escura um dia e mais clara no outro tornando muito complicado conseguir colocar uma tonalidade permanente nesta tatuagem”, alerta a dermatologista Livia Pino.

Fator sol – Os especialistas chamam atenção também para o fator sol; importante de se levar em conta por vivermos no Brasil, um país tropical com alta incidência de radiação solar o ano todo.

“Se a pessoa fizer a tatuagem e se expor minimamente ao sol, a pele vai ficar bronzeada e a área que tem o pigmento da tatuagem, não. Essa é uma região muito nobre do rosto, no meio da face, que chama bastante atenção. A tatuagem não muda de cor com o sol e não o bloqueia. Qualquer intervenção estética tem que se levar em conta que o organismo nunca vai cessar o processo de envelhecimento. A pele vai envelhecer e a tinta também. A olheira tatuada terá essa tinta microfagocitada com o passar do tempo e, como qualquer tatuagem, vai ficando borrada”, revela dra Livia.

As causas das olheiras são as mais diversas e isso é preponderante para o sucesso de qualquer tratamento. O escurecimento da área dos olhos pode ocorrer devido a várias circunstâncias passageiras como cansaço, privação do sono, fatores morfológicos, genéticos, processo de envelhecimento. O ideal é que se trate essa região e existem vários tipos de técnicas seguras e com eficácia comprovada como preenchimento e laser.

Perfil – Livia Pino é médica dermatologista, membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia. 

Beijocas!!

Patrícia Cabral  —> Facebook , Instagram , Google+ , Snapchat: falandodebeleza 

 

Anúncios

Como evitar o ressecamento da pele durante o outono

dicas-pele-ressecada-outono-inverno

Por ser a estação de transição entre o verão e o inverno, o outono é caracterizado por redução gradativa das temperaturas e fortes dos ventos, além da baixa na umidade do ar. Nessa temporada do ano, a pele perde hidratação natural e se torna mais seca, os lábios apresentam mais fragilidade e o aspecto rachado. O dermatologista Gilvan Alves ensina como manter a pele saudável nesta época.

“É importante não lavar o rosto com água muito quente, já que pode ressecar ainda mais a pele. Isso acontece pois as barreiras protetoras naturais são retiradas com a alta temperatura”, explica o médico. O uso diário de hidratantes e filtros protetores solares, de preferência com fatores acima de 30, é fundamental. Mesmo sem sede, é recomendado beber bastante água durante o dia.

Durante esta estação é normal sentir um ressecamento nos lábios, que ficam com aspecto craquelado. “As pessoas não devem esquecer de hidratar esta área com protetores específicos, que protegem dos raios solares e evitam as rachaduras e ressecamentos”, ressalta.

A pele do corpo deve ser tratada de forma correta: banhos não muito quentes e de no máximo 10 minutos, com sabonetes que não ressequem a pele. Segundo Gilvan Alves, também não é recomendável esfregar o corpo com esponjas ou buchas durante o banho. Terminando, utilizar hidratantes corporais de acordo com o tipo de pele é a recomendação do dermatologista.

“Nada de se esquecer de mãos e pés, que devem ser hidratados e protegidos, sobretudo as mãos com protetores solares, pois ficam mais expostas”, finalizou o dermatologista Gilvan Alves.

Procedimentos estéticos

Vale lembrar que nesta estação alguns procedimentos devem ser feitos apenas se orientados por um especialista. Como é o caso de peelings e esfoliações. Caso os procedimentos sejam realizados sem indicação, podem acelerar o ressecamento da pele do rosto e causar outros problemas indesejados.

Beijocas!

Patrícia Cabral  —> Facebook , Instagram , Google+ , Snapchat: falandodebeleza

 

Oligo-Nerox sérum efeito botox e lifting, lançamento Tulípia Cosméticos

Oligo-Nerox-Nano-Sérum-Descontrator -Tulípia

Para minimizar os sinais da idade, a Tulípia Cosméticos lança o Nano Sérum Descontrator Oligo-Nerox, um antirrugas com textura leve e de rápida absorção, desenvolvido para hidratação profunda da pele.

A fórmula botox-like promove duplo efeito: descontração de rugas e efeito lifting para alisar a pele e estimular a produção de colágeno. É enriquecido com Ametista PW- um poderoso energizante que restaura a tonicidade da epiderme, deixando-a macia, lisa e rejuvenescida.

O Nano Sérum Descontrator Oligo-Nerox também contém em sua formulação Syn®-Ake, um polipeptídeo encontrado no veneno da serpente Tropidolaemus Wagleri, desenvolvido para atuar como suavizante , um antirrugas, especialmente as linhas de expressão. Relaxa a musculatura facial e possui propriedades hidratantes e antioxidantes.

Contém ainda Instensyl® , tensor de quarta geração, que adere rapidamente à superfície da pele, formando um filme que pode ser espalhado e se adapta perfeitamente ao microrelevo da pele, resultando num lifting imediato; Alantoína; D-Pantenol e do Ácido Hialurônico, que intensificam a ação do produto.

Princípios ativos: Skyn-Ake, Ametista PW, Instency, Nano Up Lift (Ácido Hialurônico Encapsulado), Pantenol e Alantoína.

Preço R$ 135,90 frasco de 50ml.

Para mais informações: www.tulipia.com.br 

Beijocas!

Patrícia Cabral  —> Facebook , Instagram , Google+ , Snapchat: falandodebeleza 

 

 

 

Melasma: como prevenir e tratar para reverter o problema?

melasmas-cuidados-tratamentos

Os meios preventivos para evitar o aparecimento do melasma estão relacionados à diminuição da exposição direta do rosto aos raios solares intensos. Veja algumas medidas que você pode tomar:

  • Usar filtro solar com barreira física: nenhum conselho é melhor do que este quando se fala da prevenção de doenças relacionadas à exposição solar. Independente de sua cor de pele, o filtro solar é essencial e não somente na praia ou piscina. Use-o ao sair de casa, ao ir para o trabalho ou para qualquer lugar onde você vai estar exposta ao sol. O fator de proteção solar mais indicado é a partir do 30.
  • Fazer uso de bonés ou chapéus: excelentes para proteger a pele do rosto e diminuir os efeitos da radiação solar. Use chapéus grandes para uma maior proteção.
  • Maquiagem: maquiagem com proteção solar são excelentes para o dia a dia, como no caso dos protetores com base. Eles disfarçam o melasma e ao mesmo tempo protegem o seu rosto de agressões solares.

Para uma resolução mais definitiva do melasma, é importante procurar uma clínica especializada onde você poderá fazer um tratamento para reverter o problema. Alguns destes tratamentos incluem:

  • Despigmentantes: são produtos clareadores, prontos ou manipulados, para uso doméstico.
  • Peeling de Diamante: técnica de dermoabrasão com cristais de diamente, um modo mais sutil de tratar a pele danificada. É simples, rápido e indolor.
  • Peeling químico: é feita uma descamação da pele, uma esfoliação mais profunda, realizada com aparelhos especializados. Neste processo são removidas camadas danificadas da pele, devolvendo o aspecto natural em poucos dias.

Fonte:femclinica

Voltem sempre! Beijocas e até mais!

Patrícia Cabral  —> Facebook , Instagram , Google+ , Snapchat: falandodebeleza 

 

 

 

 

HOMENS TAMBÉM PRECISAM CUIDAR DE SUA PELE!

cuidados-pele-masculina

Os cuidados com a estética masculina têm aumentado significativamente, isso pelo desejo dos homens de se manterem jovens por mais tempo. E assim como as mulheres, os homens precisam cuidar da pele diariamente, para envelhecerem com a face mais bonita e saudável.

A pele masculina é diferente da feminina, apresenta pelos mais espessos na face, pele mais firme e densa, além de maior oleosidade. Por essas razões os homens mostram sinais da idade por volta dos 50 anos, um pouco depois das mulheres. Mas a poluição, exposição ao sol e ressecamento podem levar ao envelhecimento cutâneo precoce, então algumas medidas devem ser tomadas desde cedo, como:

  • limpeza com sabonete facial adequado. É comum ver homens que utilizam o sabonete corporal no rosto, mas isso causa o ressecamento e pode piorar pelos encravados e a sensibilidade da pele.
  • filtro solar diariamente. Indispensável em todas as idades, o protetor solar jamais deve ser negligenciado por prevenir o câncer de pele, manchas, queimaduras e o envelhecimento. Outra vez aqui, deve ser indicado segundo seu tipo de pele e necessidades.
  • depilação correta. Barba e bigode ora são moda, ora estão fora do rosto masculino, contudo hidratantes devem sempre ser aplicados para que a pele não apresente acne e pelo encravados. Esfoliar é muito importante também, para retirar as células mortas e desobstruir os folículos pilosos. Evite lâminas, opte por aparelhos barbadores elétricos, eles são menos agressivos.
  • toxina botulínica e preenchedores. Assim como as mulheres, prevenir e atenuar rugas e sulcos são preocupação masculina, por isso vá a um dermatologista e converse com ele sobre suas marcas de expressão. A toxina botulínica A suaviza rugas na testa, glabela (entre as sobrancelhas) e ao redor dos olhos. Os preenchedores, principalmente o ácido hialurônico melhoram os sulcos nasogeniano (bigode chinês), rugas perilabiais e devolvem volume ao rosto.

O essencial é se consultar com um dermatologista regularmente e, junto dele, fazer um plano de ação para prevenir, proteger e combater os problemas na pele. Cuidar de si mesmo não é um direito feminino, mas um dever de todos.

Aqui no blog tem um post com a rotina de cuidados da pele do meu esposo que dá muito certo pra ele e pode servir pra você conhecer produtos que podem te ajudar no seu cuidado diário e te deixar com a pele linda e bem cuidada! –> link ao post aqui.

Fonte:tudosobrerugas

Obrigada por sua visita! Espero que volte sempre!

Patrícia Cabral —> Facebook , Instagram , Google+ , Snapchat: falandodebeleza  

 

 

 

 

O risco de envelhecimento precoce com a bichectomia

bichectomia-dicas-de-beleza

A operação que está na moda pode solucionar um problema a curto prazo mas tem implicações a longo

A última moda quando se fala em reparo estético é a bichectomia, procedimento realizado por cirurgiões plásticos, dermatologistas especializados em cirurgia e dentistas, e que consiste na retirada da gordura localizada na bochecha chamada de Bola de Bichat. O procedimento afina o rosto, uma vez que o excesso de tecido adiposo é retirado, o que tem feito a cabeça das mulheres.

O que não se comenta, no entanto, são os riscos da cirurgia a médio e longo prazo, uma vez que, quando retirada a gordura, a pele do rosto tende a cair mais rapidamente com o tempo. “A Bola de Bichat ajuda na sustentação da pele do rosto. Quando retirada, perde-se essa sustentação, o que resulta no envelhecimento precoce”, explica a dermatologista de São Paulo, Dra Carla Vidal.

“A bichectomia é uma solução de curtíssimo prazo. Os resultados são realmente satisfatórios logo após o procedimento, mas é preciso pensar no longo prazo. A pele precisa de sustentação e quando ela é perdida, a pele do rosto fatalmente cairá mais rápido, o que resultará em um visual envelhecido. Existem alternativas não-invasivas para dar uma aparência mais jovem, com afinamento do rosto. Além de preenchedores, ultherapy (ultrassom), fios de sustentação e lasers para estimulação de colágeno  são recomendados para a estética facial”, continua Carla.

www.carlavidal.com.br

Beijocas!

Patrícia Cabral  —> Facebook , Instagram , Google+ , Snapchat: falandodebeleza 

Novidades em estética: Limpeza de pele 3D

limpeza-pele-3D

Pressionar a pele da cliente em busca de cravos ficou no passado. A limpeza de pele 3D – técnica francesa, realizada com o auxílio de um peeling ultrassônico – garante a remoção das células mortas nas camadas mais superficiais da pele e elimina impurezas, como resíduos de poluição e maquiagem, sem dor ou marcas da técnica manual. “Como não apresenta contraindicações, é um procedimento que pode ser utilizado em qualquer pessoa, em especial naquelas que apresentam sensibilidade aumentada com a limpeza de pele manual”, explica a dermatologista Carla Bortoloto, professora da pós-graduação em Dermatologia pela Faculdade de Medicina Souza Marques.

Segundo o fisioterapeuta e esteticista Marcelle Cunha, gerente da clínica Arthys, o segredo da técnica é promover a higienização profunda da pele por meio de três ações básicas: decapante (remove uma fina camada de células mortas e queratina da pele, tornando-a mais fina), despigmentante (clareia a pele) e dermotonificante (hidratante e reafirmante). “Daí o nome de limpeza 3D”, explica.

A recomendação dos especialistas é de que o procedimento seja realizado a cada 20 ou 30 dias. Além disso, é importante aplicar protetor solar e evitar a exposição ao sol por, pelo menos, 15 dias após o tratamento.

 Fonte: beautyfair

Beijocas

Patty