Protetores Solares Bioré Chegam ao Brasil e com Preços Atrativos

Filtros-Solares-Bioré-no Brasil

Finalmente a Bioré venderá os seus famosos protetores solares no Brasil! Depois de uma espera de quase 1 ano, Outubro de 2017 foi a data em que a marca chegou oficialmente ao país, porém apenas com produtos destinados a limpeza da pele e remoção da maquiagem (mais detalhes Aqui) – para o desespero dos loucos por skincare. Todos queriam também os protetores, claro! E eles enfim farão parte do portfólio de vendas no Brasil.

Teremos disponíveis 3 versões dos protetores Bioré, são eles:

Filtro-Solar-Bioré

 Bioré Uv Aqua Rich Watery Essence – R$ 67,99.

√ Bioré UV Perfect Milk (embalagem azul) – R$ 65,99.

 Bioré UV Face Milk (embalagem branca) – R$ 68,99.

Os protetores Bioré chegam na primeira quinzena de Novembro e serão comercializados nas redes Droga Raia e Drogasil (lojas físicas e online).

Achei os valores super justos e bastante acessíveis, uma ótima oportunidade pra quem ainda não conhece poder testar!

E aí o que acharam da novidade? Vocês conhecem ou já usam a marca?

Beijocas bom feriado e até mais!!

Me sigam também nas redes sociais! Patrícia Cabral ⇒ Instagram– Facebook – Google+

 

 

 

Anúncios

Mais Água = Menos Rugas!

Água-Pele-Rugas

A sua pele também tem sede!

Para ter uma pele boa, saudável e radiante é preciso de ÁGUA! A hidratação da pele é um passo extremamente importante, seja através da aplicação de cosméticos como também pela ingestão de água.

A água garante uma maior quantidade de líquido entre as células, proporcionando maior sustentação na estrutura da pele, resultando em uma pele mais preenchida, mais resistente e menos vincada.

Logo – Mais água = Menos rugas!

E aí quanto de água você já tomou hoje??

Beijocas e até mais! Me sigam também nas redes sociais! Patrícia Cabral ⇒ Instagram– Facebook – Google+

 

 

 

Vacina Contra a Acne Pode se Tornar Realidade em Breve

vacina-contra-acne

A vacina contra acne pode se tornar realidade em breve, segundo novas descobertas de um pesquisador norte-americano.

A pesquisa, realizada por Chun-Ming Huang, da Universidade da Califórnia, em San Diego, nos Estados Unidos, revelou que anticorpos secretados por bactérias na acne podem conter a resposta de redução da inflamação, em quem sofre do problema.

A vacina seria a primeira a atacar bactérias já existentes na pele humana, em vez de invadir patógenos.

Huang afirmou: “Uma vez validado por um ensaio clínico em larga escala, o impacto potencial de nossas descobertas é enorme para as centenas de milhões de indivíduos que sofrem de acne vulgaris.

“As opções atuais de tratamento muitas vezes não são eficazes ou toleráveis ​​para muitos dos 85% dos adolescentes e mais de 40 milhões de adultos nos Estados Unidos que sofrem desta condição inflamatória cutânea multifatorial”.

Acredita-se que a vacina atue diminuindo os fatores Christie-Atkins-Munch-Peterson (CAMP), uma toxina secretada pela bactéria Propionibacterium acnes, na pele. Ela também pode evitar efeitos adversos de retinoides tópicos, sistêmicos e anticorpos, que consistem em atuais opções de tratamento contra a condição.

Emmanuel Contassot, do Hospital Universitário e Faculdade de Medicina da Universidade de Zürich, afirmou: “Apesar de abordar uma necessidade médica não atendida e fornecer uma abordagem atraente, imunoterapias de acne que visam fatores derivados de P. acnes devem ser cuidadosamente planejadas para evitar efeitos indesejados ao microbioma que garante a homeostase da pele.

Fonte:cosmeticinnovation

Beijocas e muito obrigada por sua visita!

Me sigam também nas redes sociais!! Patrícia Cabral —> Instagram– Facebook – Google+

Dormir bem Pode Mudar sua Saúde e a sua Pele

Dormir-bem-pode-mudar-a-sua saúde-e-a-sua-pele

Muitas vezes banalizada, uma boa noite de sono pode prevenir doenças graves

Atualmente poucas pessoas têm uma noite bem dormida. A correria do dia a dia, o estresse e o sedentarismo também afetam o nosso sono. No entanto, dormir bem é essencial para ter qualidade de vida e uma boa saúde.
Passamos aproximadamente um terço de nossas vidas dormindo. Dormir bem é essencial para várias funções do corpo humano, inclusive para o desempenho físico e mental, para o fortalecimento do nosso sistema imunológico, além da formação de vários hormônios na fase REM do sono, que é a mais profunda. Portanto, é preciso dormir e dormir bem.

Segundo o nutrólogo e precursor da medicina ortomolecular no Brasil, Dr J Bussade, dormir é essencial para a manutenção do corpo humano. “Quando dormimos nosso sistema imune se fortalece, há a secreção e liberação de hormônios durante o sono, como o hormônio do crescimento, por exemplo”, destaca.
Outros benefícios de um sono de qualidade são a melhora da memória e o relaxamento e repouso dos músculos. Dormir bem também pode ajudar no controle de emoções, colaborar para a  tomada de decisões e, até mesmo, aumentar a criatividade.

Prevenção de doenças

A medicina preventiva é mais importante até mesmo que a medicina para cura. Nesse sentido, aponta que dormir bem pode ajudar a prevenir diversas doenças.
O mal de Alzheimer é uma doença incurável que se agrava ao longo do tempo, mas, diferente do que muitos pensam, ela pode ser prevenida e uma das maneiras é ter um bom sono. O Parkinson também pode ser prevenido com a manutenção de um sono de qualidade.
Dr J Bussade lembra que doenças como ansiedade e depressão também podem ser combatidas. “A diminuição da melatonina é uma das causas dessas doenças e é preciso controle. A melatonina regula o relógio biológico da pessoa e, portanto, o sono. A falta de sono pode aumentar ainda mais a ansiedade e depressão”, declara.

Atividades físicas

A prática de atividades físicas é essencial para um sono com qualidade e técnicas de meditação como yoga, tai chi, entre outras, podem ajudar muito. Cabe destacar que pessoas sedentárias têm um sono de pior qualidade e, por isso, estão mais propensas a diversos tipos de doenças.

Luzes e eletrônicos

Muito comum atualmente, um mau hábito que prejudica a qualidade do sono é o excesso do uso de aparelhos eletrônicos, principalmente antes de dormir. Pesquisas apontam que o ideal é que não se use esses aparelhos por, pelo menos, 30 minutos antes de deitar.
Outro hábito prejudicial é dormir de luzes acesas. Dr J Bussade afirma que essa atitude dificulta uma boa noite de sono. “É preciso dormir com tudo escuro, porque com luzes acesas a pessoa não chega ao sono mais profundo, que é aquele que realmente proporciona o descanso e que estimula o corpo a produzir hormônios”, aponta.  Ele ainda indica que quando a pessoa for no banheiro durante à noite, o mais indicado é que continue com as luzes apagadas e, se possível, utilize uma lanterna na cor vermelha para iluminar o caminho.

Pele

Uma noite mal dormida pode interferir na beleza da sua pele, pois é neste momento que as células se renovam garantindo o reparo e equilíbrio de suas funções.

Durante o sono as células possuem capacidade de organizar suas funções e lidar com os problemas nocivos como sol, vento e poluição.

Neste momento existe a liberação de diversas substâncias que são fundamentais para o corpo, como os hormônios do crescimento, que garante o não envelhecimento celular, além do cortisol, hormônio do estresse que possui ligação com a formação dos radicais livres.

Beijocas e até mais!!

Me sigam também nas redes sociais! Patrícia Cabral ⇒ Instagram– Facebook – Google+

 

Discoloration Defense SkinCeuticals- Primeiras Impressões Após 1 Mês de Uso

DISCOLORATION-DEFENSE-SERUM-MULTICORRETIVO-SKINCEUTICALS

Oi gentee, tudo bem? Atendendo aos pedidos lá do Instagram ( já me segue  por lá? @falandodebeleza ) venho compartilhar com vocês as minhas primeiras impressões e resultados obtidos depois de 1 mês de uso do Discoloration Defense de SkinCeuticals, lembrando que eu tenho melasmas na parte frontal do rosto e algumas manchinhas de espinhas, bora?

O que diz o fabricante:

Discoloration Defense de SkinCeuticals é um sérum multicorretivo de uso diário que clareia as diferenças de tonalidade da pele com resultados visíveis e comprovados em pele brasileira. Formulado com 3% de ácido tranexâmico, 1% de ácido kójico, 5% de niacinamida e 5% de esfoliante enzimático, esse blend de ativos com alta performance uniformiza o tom, recupera a luminosidade e melhora a textura da pele.

Em um estudo clínico de 12 semanas, o Discoloration Defense melhorou significativamente a aparência das diferenças de tonalidade da pele:

• Pele 60% mais clara

• 81% de melhora no pós acne

• 54% de melhora na textura

• Tom de pele 59% mais uniforme

O que eu achei:

embalagem de vidro e aplicador conta gotas tradicional de SkinCeuticals;

√ sua fragrância é quase nula, possui um leve cheirinho de remédio;

√ o produto possui textura sérum, muito leve, bem aquosa, confortável e fácil de espalhar;

√ sinto que ele não é totalmente absorvido pela pele, parece que não seca completamente  deixando assim uma sensação levemente pegajosa ao toque, mas nada demais;

√ tenho usado o  Discoloration Defense apenas durante a noite por causa da sensação dele não secar por completo, por conta disso não me sinto confortável em aplicar outros produtos por cima dele;

DISCOLORATION-DEFENSE-SERUM-MULTICORRETIVO-SKINCEUTICALS-TEXTURA

DISCOLORATION-DEFENSE-SERUM-MULTICORRETIVO-SKINCEUTICALS-RESENHA

√ após a aplicação sinto a pele bastante hidratada e no decorrer do uso pude perceber uma melhora bastante significativa no nível de hidratação e na manutenção da mesma;

√ não tive reação/irritação alguma ao produto;

√ além da pele visivelmente mais clara e uniforme pude perceber uma melhora na textura e uma boa diminuição no tamanho dos poros;

√ o que eu pude notar quanto ao clareamento de manchas é que em manchas mais recentes (espinhas, machucadinhos, etc) a ação do produto é mais rápida, acredito que o clareamento neste caso seja mais eficaz por conta dessas manchas estarem na camada mais superficial da pele e por isso mais fácil de tratar. Já no clareamento do melasma comecei a notar um clareamento visível mais ou menos após 1 mês de uso e hoje com 1 mês e 2 semanas o meu melasma tá bem clarinho e se mantém assim.

Vou mantendo vocês informados e farei uma resenha completa e atualizada quando completar os 3 meses de uso, baseado no tempo do estudo clínico feito pela marca.

Quanto custou? Paguei R$ 199,90 na Drogasil – embalagem de 30 ml.

Alguém mais por aqui está usando esse produto? Me contem o que estão achando e quais os seus resultados, vamos trocar experiências!!

Beijocas e muito obrigada por sua visita!

Me sigam também nas redes sociais!! Patrícia Cabral —> Instagram– Facebook – Google+

 

 

 

 

 

Por que Produtos Antissinais Param de Funcionar Após um Tempo?

pele-envelhecimento-antissinais-cosméticos

Aplicar o mesmo produto por mais de seis meses faz com que ele perca sua eficácia. Dermatologistas explicam por qual motivo isso acontece e o que deve ser feito

Você já deve ter notado que aquele produto antissinais fantástico que você comprou há seis meses agora não é tão bom assim. O que será que aconteceu? Você ficou mais exigente – afinal o produto começou tão bem – ou sua pele enjoou dele? “Um produto anti-idade tem três estágios de funcionamento: a fase inicial é de adaptação da pele, que pode durar algumas semanas. A segunda etapa é de efeito terapêutico, que pode durar semanas ou meses. A terceira fase é de tolerância, quando o ativo pode parar de trazer benefícios com uso contínuo”, explica o dermatologista Dr. Jardis Volpe, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

Já a dermatologista Dra Thais Pepe, também membro da SBD, explica que os produtos skincare servem para manter a aparência da pele saudável, mas a penetração dos ativos ainda é pequena para um resultado impactante. Dessa forma, os efeitos aparecem geralmente após o primeiro mês de uso, mas existem estratégias para prolongá-los: “A pele é uma barreira de proteção e quanto menor o tamanho das moléculas, maior a penetração. Geralmente associar com um ácido aumenta os resultados e penetração, pois os ácidos diminuem a barreira cutânea”, completa a médica.

A alternância dos produtos, o aumento da concentração dos ativos ou a troca dos ativos. “Existem ativos que não podem ser usados por longo prazo. Um exemplo é o ‘queridinho’ DMAE, produto para firmeza que foi a sensação dos anos 2000. Seu uso ficou famoso após um livro do dermatologista Perricone sobre esse ativo, como promessa antiflacidez, porém estudos mostraram que seu uso crônico, após os três meses, pode causar o efeito contrário e deixar a pele flácida. Outro ativo é a hidroquinona, potente clareador liberado no Brasil e proibido em alguns lugares do mundo, como na Europa. Seu uso crônico acima de três meses pode deixar manchas brancas na pele, que chamamos de hipopigmentação em confete.

pele-envelhecimento-antissinais-dermocosméticos

Por isso, é importante visitar regulamente o dermatologista. “A grande maioria dos estudos com ativos antissinais é feito por um curto período de tempo e o resultado final é avaliado em algumas semanas. Então, o que conta nesse caso é a prática clínica do dermatologista para notar se houve o processo de tolerância da pele em relação a determinado ativo”, explica o médico, que cita o exemplo do ácido retinoico: “Ele pode causar irritação no início do tratamento, em algumas semanas a pele acostuma com o produto, e após um período, já é possível aumentar a concentração. Esse é um processo de tolerância da pele frente a um ativo. Isso pode acontecer com vários outros ativos, como o retinol, a vitamina C, ácidos e antioxidantes”, completa o médico, que faz uma ressalva: “Os protetores solares não tem essa tolerância, mesmo se usarmos um fator 50 cronicamente, ele não vai deixar de agir e nem reduzir seu efeito.”

Outro exemplo é com relação ao retinol. Alguns estudos apontam que esse ingrediente produz colágeno e melhora rugas após seis meses de uso, sem perda da eficácia. “Como conduta pessoal, é comum montar um cuidado domiciliar para os meus pacientes com uso alternado de produtos e quando paro de observar o efeito desejado, aumento a concentração dos ativos ou troco por outros. Por exemplo, para o colágeno, costumo prescrever para o verão o retinol, pois não sensibiliza a pele. Após quatro meses, substituo pelo ácido retinoico por mais quatro meses, em uma época de clima mais ameno, em noites alternadas com o retinol. Assim introduzo um ativo novo e dou um up no resultado”, comenta.

Para aumentar a eficácia do tratamento cosmético anti-idade, os médicos concordam que é necessário visitar o dermatologista a cada quatro meses para que ele possa mudar os ativos, aumentar a concentração ou trocar radicalmente o protocolo skincare. “E, é claro, nunca esquecer de higienizar, esfoliar e tonificar a pele para ter os melhores resultados”, finaliza a Dra. Thais.

Me sigam também nas redes sociais! Patrícia Cabral ⇒ Instagram– Facebook – Google+

4 Dicas para Remover Maquiagem Pesada e Evitar Resíduos na Pele

4-Dicas-Para-Remover-Maquiagem-Pesada

Assim como a brincadeira só termina na hora de recolher os brinquedos, a beleza em usar maquiagem só é completa se soubermos remover completamente os resíduos da pele. “É muito importante ter higienização adequada e tirar toda a maquiagem: em toda a região facial para evitar a obstrução dos poros, que favorece o aparecimento de acne; na área dos olhos, para evitar olheiras e envelhecimento; e nos cílios para evitar blefarite, um processo inflamatório causado pela presença da sujidade que pode fazer uma obstrução do ducto de saída da glândula, criando uma inflamação e posteriormente as bactérias da nossa própria pele podem contaminar a área e evoluir para o terçol”, explica a dermatologista Dra. Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia.

O dermatologista Dr. Jardis Volpe, membro da SBD e da AAD, afirma que não é indicado retirar o make apenas com produtos de higiene básica, pois eles não são capazes de eliminar todas as impurezas. “O sabonete não é o produto ideal para remover a maquiagem, principalmente as mais carregadas. Veja a seguir o passo a passo ideal para a remoção eficiente da maquiagem.

1 – Demaquilante

O demaquilante é um produto eficaz, que ajuda a remover os resíduos de maquiagem e poluição, que são prejudiciais à pele. “Na hora de comprar o produto, as diversas opções podem gerar dúvidas sobre como escolher.

O melhor demaquilante é aquele no qual você não precise fazer força para retirar a maquiagem”. Está em dúvida sobre qual escolher? “Os demaquilantes em forma de loção, gel e espuma retiram os resíduos mais leves da pele, como restos de batom, blush e sombra em pó, porém, para remover produtos de longa duração e a prova d’ água, procure usar demaquilantes específicos para cada tipo de maquiagem. O demaquilante em creme é ideal para peles envelhecidas, sensíveis ou secas. Já a versão líquida se adequa a todos os tipos de pele, até as mais sensíveis. Mas atenção: nem sempre retira direito maquiagem à prova d’água. O demaquilante bifásico é metade óleo, metade água, ideal para tirar o make à prova d’água. Não é indicado para peles acneicas ou oleosas. Demaquilante em leite é ótimo para pele sensível, seca ou ressecada, mas também não é indicado para a pele com acne ou pele oleosa. Lenços podem variar na composição e ser adequado para cada tipo de pele. Por fim, a água micelar promove boa limpeza e é uma ótima opção para peles sensíveis e outros tipos de pele”.

2 – Sabonete

A escolha do sabonete deve ser baseada no tipo de pele e necessidades individuais. Há sabonetes de controle de oleosidade ou de acne com extratos anti-inflamatórios, ativos adstringentes como hamamélis, camomila, menta piperita, ácido salicílico, peróxido de benzoíla, triclosan, extratos cítricos, entre outros; as peles mais sensíveis, maduras ou secas devem receber loções de limpeza, mousse ou leites sem saponáceo para realizar a higiene diária sem retirar o manto lipídico protetor e apenas remover impurezas”.

3 – Esfoliar (de duas a três vezes por semana)

Para ajudar na renovação celular, melhorar a penetração dos ingredientes hidratantes que virão na sequência e complementar o ritual de beleza, o esfoliante é ideal. “Utilizar, de duas a três vezes por semana, um esfoliante, de preferência com ativos naturais, como a casca do arroz ou a semente de apricot para promover renovação epitelial. Aplicar na pele molhada, após lavar com o sabonete, massagear com movimentos circulares e deixar ficar por dois a três minutos e enxaguar”.

4 –  Tônico ou adstringente

A última etapa conclusiva do ritual de limpeza é a tonificação. “Estes produtos, apesar da nomenclatura tônico, podem ser calmantes, hidratantes, antioxidantes, adstringentes e mesmo agregarem o benefício de demaquilantes de modo complementar”, explica a médica Dra. Claudia Marçal. Os tônicos, além da limpeza complementar e da retirada de resíduos, têm o papel de recuperar também o pH da pele. “As peles oleosas podem se beneficiar de loções adstringentes com pequena porcentagem de álcool enquanto as mais sensíveis devem evitá-lo. Os ativos como moléculas mimetizadoras de células germinativas de extratos vegetais naturais como edelweiss, menta piperita, Iris, camomila, linho, romã, berrys são importantes para fazerem estas funções específicas de nutrição, efeito calmante e antioxidante.

É isso gente, caprichou na make capriche também na limpeza!

Obrigada por sua visita! Me sigam também nas redes sociais! Patrícia Cabral ⇒ Instagram– Facebook – Google+