9 Verdades e 1 Mentira Sobre a Vitamina C

Pele-Vitamina-C

Muito se fala dos benefícios que as vitaminas podem trazer para a nossa saúde, o ideal seria que todos tivéssemos uma alimentação balanceada e rica nas principais vitaminas e sais minerais necessários ao funcionamento do nosso organismo. No entanto, temos que admitir que isso pouco acontece na prática e que somos o que comemos. Como essa questão de alimentação balanceada não funciona como deveria, acabamos tendo de fazer reposição via oral com alguns suplementos. Uma vitamina muito estudada por causa da sua eficiência é a Vitamina C e é dela que vamos falar hoje!

Todos sabemos de sua importante função para o nosso sistema imunológico, tanto que quando ficamos gripados compramos na farmácia comprimidos geralmente efervescentes de Vitamina C. Além disso, a Vitamina C possui grandes funcionalidades para uso cosmético. No início do seu uso na área da cosmética, tinha-se grande dificuldade de mantê-la estável na formulação porque ela oxidava com rapidez. Com o avanço da tecnologia, conseguiram estabiliza-la, evitando sua oxidação na nossa pele e trazendo resultados incríveis.

Para conhecer ainda mais dessa vitaminas, separamos 9 verdades sobre ela:

  • Possui  como principal função a ação antioxidante, que tem o poder de neutralizar os efeitos dos radicais livres, moléculas produzidas naturalmente pelo nosso corpo que provocam diversos danos em algumas estruturas, resultando em doenças e no próprio processo de envelhecimento.
  • É capaz de estimular e aumentar a produção de colágeno na pele, deixando-a mais firme e elástica.
  • A Vitamina C e o filtro solar podem evitar a formação de manchas. Ela ainda proporciona o clareamento da pele.
  • É capaz de proporcionar hidratação prolongada.
  • Possui ação anti-inflamatória.
  • Desempenha um papel fundamental na barreira de proteção da pele.
  • Auxilia na diminuição das linhas de expressão e rugas.
  • Acelera a esfoliação e, consequentemente, o processo de renovação celular.
  • Teoricamente não existe uma quantidade mínima ou máxima de uso de Vitamina C tópica.

E para que ninguém se confunda, é importante lembrar um fato que é mentira sobre a vitamina C:

Quanto maior a porcentagem de Vitamina C, melhor. Essa é uma abordagem falsa, como já vimos, a Vitamina C é de grande importância para a nossa saúde e nossa pele, mas o que as pessoas precisam saber é que nem sempre importa a porcentagem de Vitamina C em um cosmético se ele não possui  uma entrega eficiente na pele ou até mesmo se essa vitamina não está estabilizada no produto. Um bom exemplo é a Vitamina C nanoencapsulada, que, além de manter a integridade do produto, entrega praticamente 100% do ativo no local onde precisa agir. Já em um produto que não possui essa tecnologia, a vitamina C pode perder a eficiência antes mesmo de o produto ser absorvido pela pele, diminuindo a sua eficiência. Assim, analise o produto antes da compra e não escolha somente pelo percentual do ativo.

                                                        Fonte: Extratos da Terra 

Até Mais!!

Me sigam também nas redes sociais!! Patrícia Cabral —> InstagramFacebookGoogle+   

 

 

Anúncios

Fique Atento! O Celular e o Envelhecimento do Pescoço

celular-rugas-envelhecimento-pescoço

Já parou para pensar quanto tempo do dia você passa olhando para o celular? Pois saiba que o uso de dispositivos técnicos está acelerando o processo de envelhecimento em uma região difícil de tratar: o pescoço. A imprensa especializada americana até apelidou o problema como ruga “Tech Neck”. “A pele do pescoço é muito fina, praticamente sem glândulas sebáceas, com espessura próxima a dois milímetros, pouco hidratada e onde há grande movimentação natural pela própria dinâmica da região. A inclinação frequente da cabeça para baixo a fim de olhar o celular, tablet ou outro dispositivo, provoca sinais de envelhecimento mais rápidos”, explica a Dra. Claudia Marçal, dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia.

De acordo com a dermatologista, os movimentos musculares do pescoço realizados a todo o instante sejam voluntários como a laterização, extensão, inclinação para baixo ou mesmo na mastigação e fala produzem inicialmente pequenas linhas, que com o passar do tempo vão se acentuando. “Elas adquirem o status de rugas e sulcos bastante marcados como verdadeiros colares cervicais horizontais”, afirma.

O termo tem se tornado uma das novas preocupações em skincare, pois o constante dobramento da pele em movimentos repetitivos, característico da era das selfies, tem aumentado a procura por tratamentos preventivos e corretivos das rugas e linhas do pescoço.

A dermatologista acrescenta que a área é quase sempre esquecida, mesmo para quem tem o hábito de cuidar do rosto. “A própria característica local somada às agressões ambientais como água quente, frio, poluição, ar condicionado, sol, vento e o uso de perfumes contendo álcool e bijuterias (que podem causar hipersensibilidade local e alergias), podem provocar ainda mais ressecamento, vermelhidão e mudança da textura da região”, conta.

Prevenção
De acordo com a dermatologista, uma dica importante é, mesmo quando mexer nos dispositivos, manter a cabeça em um ângulo de 0 grau e a postura alinhada. O celular deve ser erguido na direção dos olhos. Com relação aos cuidados diários, a médica indica sabonetes neutros ou loções de limpeza à base de ativos calmantes. “As loções tônicas vêm na sequência e vão preparar a pele para receber o sérum tensor que pode conter Hyaxel ácido hialurônico de baixo peso molecular, antioxidantes, vitaminas e glicosaminoglicanas, além de substâncias que recuperem a volumetria da região como Adipofill e Sculptessence”, conta. O protetor solar deve ter FPS 30 no mínimo e ser reaplicado após quatro horas no dia a dia. “À noite, a região, após a higienização, pode receber água termal em jatos e após alguns minutos, usar vitamina C na forma de sérum, emulsão ou espuma associada a outras vitaminas como B5, E, F e alfa hidroxiácidos, alternando com nutritivos”, explica.

Tratamentos
A toxina botulínica figura entre os procedimentos mais utilizados hoje para tratar as linhas de expressão que formam os colares horizontais. “Ela também pode ser usada na porção central para diminuir a projeção das bandas do plasma, em sessões realizadas a cada seis meses”, afirma.

Além disso, tratamentos com lasers também apresentam bons resultados. Segundo a dermatologista, o uso de lasers fracionados ablativos, como Resurfx, com downtime (tempo de recuperação) de 48horas, promove neocolagênese, ou seja, uma nova formação de colágeno. “E quando associado ao ácido poli-L-lático, o Sculptra, ele pode ser feito na mesma sessão; começamos com o Sculptra de aplicação profunda em toda a área de tratamento na derme profunda, reticular, e logo a seguir, no mesmo tempo, é feita a aplicação do Erbium Glass 1565, com resultados realmente excepcionais para retração da pele, redensificação, melhora da elasticidade e tratamento da presença das rugas, das manchas e a textura da pele”, comenta.

Outra boa solução é o microagulhamento de ouro com radiofrequência associado a drug delivery com Vitamina C, Fatores de Crescimento, Ácido Hialurônico e Ácido Retinóico. “Aproveitando as portas de entrada que, pela penetração das microagulhas de ouro geram uma zona de coagulação por toda a sua extensão, o tratamento é associado à radiofrequência causando uma injúria indolor local e o aquecimento da derme e hipoderme. Isso remodela todo o colágeno e promove a redensificação e elasticidade do local da aplicação”, explica. As sessões são três em média, com intervalo de trinta dias.

Fonte: Dra. Claudia Marçal

Até mais!

Me sigam também nas redes sociais!! Patrícia Cabral —> InstagramFacebookGoogle+  

 

Uso diário de filtro solar não só previne, mas reverte sinais de envelhecimento da pele

protetor-solar-envelhecimento-pele

A ROC®, marca de dermocosmético da Johnson&Johnson, realizou estudo clínico ao longe de um ano, publicado na Dermatologic Surgery – importante publicação dermatológica americana, para avaliar a eficácia do uso constante do protetor solar.

O estudo sugere que o uso contínuo de filtro ao longo das 52 semanas ajudou a prevenir danos na pele e a melhorar os sinais visíveis de fotoenvelhecimento existentes na pele.

O fototoenvelhecimento é caracterizado clinicamente por rugas, despigmentações, alterações na textura da pele, tidas como feias, e pode ser acompanhado de fotocarcinogênese, manchas que podem se tornar cancerígenas. Os protetores solares exercem um papel essencial na prevenção destas anomalias na pele. O estudo de ROC® afirma que, além de prevenir, o protetor solar é capaz de reverter o fotodano.

Os pesquisadores estudaram 33 mulheres de 40 a 55 anos, com pele branca e exposição moderada ao sol. O estudo chegou ao fim depois de um ano, com 32 mulheres, apenas uma desistiu por motivos pessoais, aplicando protetor solar SPF 30 fotoestável, ou seja, a molécula não sofre danos ao absorver a luz do ambiente, e de amplo espectro, protege a pele da radiação solar e também raios UVA e UVB, todas as manhãs no rosto inteiro. O protetor solar aplicado possuía ingredientes básicos, sem aditivos antienvelhecimento.

Todos os parâmetros de fotoenvelhecimento avaliados por dermatologistas melhoraram significativamente já na 12° semana. Foram analisados superfície e tom de pele, sendo assim: textura, clareza, uniformidade de tom e pigmentação discreta diferente da natural da pele e manchas. Após um ano, as melhoras clínicas foram de 52% em manchas, 40% na textura e 41% na clareza da pele. Já a melhora que ocorreu em tom e pigmentação da pele foi particularmente notável, uma vez que as avaliações finais foram realizadas no final do verão, período em que a cútis tende a apresentar um tom desigual e manchas mais evidentes.

O estudo conclui que a importância da fotoproteção é reconhecida para prevenção de envelhecimento na aparência da pele, mas também garante que os sinais já instalados serão atenuados e que a aparência da pele melhorará significativamente com o uso constante de protetor solar.

Me sigam também nas redes sociais!! Patrícia Cabral —> Facebook , Instagram , Google+  

 

Bioderma Photoderm NUDE Touch SPF 50+ Protetor Solar 100% Físico, Antioleosidade e Efeito Base

Photoderm_NUDE_Touch_SPF 50+_Bioderma

Photoderm Nude Touch FPS 50+ de Bioderma é um protetor solar com efeito de base fluida antioleosidade e com proteção solar FPS50+ e PPD25.

Protetor solar 100% físico, tecnologia evolutiva Liquid-to-powder, em três etapas:

Após aplicação, os agentes voláteis evaporam criando uma fórmula extremamente leve. Silky permite pigmentos e filtros para ser uniformemente espalhados por toda a pele para uma pele perfeitamente protegida.

Os agentes hidratantes penetram nas camadas superficiais da pele, dando lugar a um acabamento em pó e mate. Pele mate de ação imediata e anti-imperfeição. Matificantes de foco suave para uma ação antibrilho.

O Ácido Salicílico suaviza a textura da pele e aumenta o brilho da tez. Ação anti-imperfeição de longa duração. A patente de Fluidactiv combinada com Capryloyl Glycine regula a quantidade e a qualidade do sebo produzido dia após dia e assim impede que apareçam imperfeições.

Benefícios:

– Controle da oleosidade

– Efeito anti-brilho

– Proporciona uma complexidade mais luminosa

– Uniformiza a pele

– Reduz imperfeições a cada aplicação

– Efeito natural na pele

– Textura ultra-leve

– Aplicação macia

– Hipoalergênico

– Não comedogênico

Preço médio: R$ 89,90.

Uma ótima semana pra vocês!

Patrícia Cabral  —> Facebook , Instagram , Google+ , Snapchat: falandodebeleza 

 

 

 

Uso de protetor solar nas crianças: o que devemos saber?

protetor-solar-bebês-crianças

As crianças despendem grande parte de seu tempo em atividades externas e, assim, expõem-se a proporções maiores de radiação solar. Em média, elas ficam expostas ao sol cerca de 2,5 a 3 horas diárias, representando uma dose anual próxima de 3 vezes a dose anual recebida por um adulto, e assim devemos tomar alguns cuidados com elas.

  • Evitar o sol das 10:00 as 16:00h, pois esse período é o pico de Ultravioleta B, o principal responsável pelo câncer de pele.
  • Hidratar com água, sucos, água de coco, evitando a desidratação pela transpiração.
  • É proibido usar filtro solar em crianças abaixo de seis meses de idade. Nessa faixa etária, deve-se evitar a exposição solar, deixando-as em locais que tenham sombra, guarda-sol, usar roupas apropriadas – algumas marcas têm proteção UV.
  • Como a pele do bebê é mais fina e está em desenvolvimento, o filtro solar de qualquer natureza, seja de composição química ou física, pode desencadear quadros de irritação e alergia.
  • Em crianças com idade maior que seis meses já está indicado o filtro solar, dando preferência para filtros físicos, e daí a importância da prescrição do dermatologista. Só ele pode indicar, dependendo da pele da criança ou bebê, o protetor mais adequado.
  • Mesmo em crianças acima de seis meses, também é importante a proteção mecânica com uso de bonés e roupas com UV.
  • Reaplicar o filtro solar a cada duas horas. A quantidade também influencia na proteção.
  • Episódios de queimadura solar especificamente na infância representam um papel preponderante na formação do melanoma, um tipo de câncer solar que mais mata, segundo alguns estudos, reforçando assim ainda mais importância da fotoproteção na infância.
  • Sabe -se que 50% do total da radiação solar recebida em toda a vida ocorre nos primeiros 18 anos de vida. Já foi estimado que a incidência de câncer de pele não-melanoma ao longo da vida pode ser reduzida em 78% como uso regular de fotoprotetores durante os 18 primeiros anos de vida.

Qualquer dúvida sobre esse assunto, procure seu médico dermatologista

Fonte: Dr. Alexandre Moretti de Lima

Patrícia Cabral  —> Facebook , Instagram , Google+ , Snapchat: falandodebeleza 

Dermatologistas condenam nova moda de tatuagem para cobrir olheiras

pele_tatuagem_olheiras

Técnica não tem eficácia comprovada cientificamente e pode levar a alergias, manchas e até impedir intervenções futuras de tratamentos dermatológicos. Especialista Livia Pino faz alertas para os pacientes

Vai ano, vem ano e no mundo da estética e da beleza sempre surge alguma novidade que promete resolver problemas e incômodos como num passe de mágica. A cada nova onda, os especialistas ficam de cabelo em pé. No último verão foi o tal do bronzeamento com fita isolante, com consequentes relatos de queimaduras grave na pele de diversos clientes. A bola da vez são as olheiras. As rodelas de pepino e batata sobre a área – dicas do tempo das avós – foram substituidas por tatuagem na área abaixo dos olhos para cobrir os tons arroxeados ou amarronzados. Com custos que variam entre R$ 1 mil e R$ 15 mil, prometem acabar com o semblante cansado das pessoas.

Não é bem assim. A dermatologista Livia Pino, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e professora da Universidade de Medicina de Valença, chama atenção para os diversos riscos de optar por procedimentos como esse.

“Nós dermatolgistas desaconselhamos fazer a técnica da tatuagem nas olheiras. Essa região abaixo dos olhos é uma das áreas mais finas da pele do nosso corpo, com grande possibilidade de desenvolver alergias. Mesmo um tatuador muito experiente corre o risco de colocar algum pigmento ali e estourar um vaso. Isso vai derramar sangue e vai tatuar um outro pigmento, que é o ferro contido dentro da hemácia e isso pode deixar a olheira mais escura definitivamente. Neste caso, esse pigmento é praticamente impossível de tirar”, esclarece a dra Livia Pino.

A médica explica que até existem ácidos que poderiam ser usados para tentar diminuir o efeito de uma tatuagem na região das olheiras, mas que as respostas não são tão boas assim. Na maioria dos casos, melhora, mas não resolve totalmente.

Outra observação feita pela especialista é sobre a dificuldade de achar uma tinta que seja exatamente da mesma tonalidade da pele de cada pessoa.

“Se com o corretivo, que temos uma infinidade enorme de opções de cores e marcas já temos essa dificuldade, imagina uma tinta que fica permanente na pele! E vale lembrar que as olheiras mudam de cor de acordo com vários fatores, tais como sono e estresse. Essa olheira pode ficar mais escura um dia e mais clara no outro tornando muito complicado conseguir colocar uma tonalidade permanente nesta tatuagem”, alerta a dermatologista Livia Pino.

Fator sol – Os especialistas chamam atenção também para o fator sol; importante de se levar em conta por vivermos no Brasil, um país tropical com alta incidência de radiação solar o ano todo.

“Se a pessoa fizer a tatuagem e se expor minimamente ao sol, a pele vai ficar bronzeada e a área que tem o pigmento da tatuagem, não. Essa é uma região muito nobre do rosto, no meio da face, que chama bastante atenção. A tatuagem não muda de cor com o sol e não o bloqueia. Qualquer intervenção estética tem que se levar em conta que o organismo nunca vai cessar o processo de envelhecimento. A pele vai envelhecer e a tinta também. A olheira tatuada terá essa tinta microfagocitada com o passar do tempo e, como qualquer tatuagem, vai ficando borrada”, revela dra Livia.

As causas das olheiras são as mais diversas e isso é preponderante para o sucesso de qualquer tratamento. O escurecimento da área dos olhos pode ocorrer devido a várias circunstâncias passageiras como cansaço, privação do sono, fatores morfológicos, genéticos, processo de envelhecimento. O ideal é que se trate essa região e existem vários tipos de técnicas seguras e com eficácia comprovada como preenchimento e laser.

Perfil – Livia Pino é médica dermatologista, membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia. 

Beijocas!!

Patrícia Cabral  —> Facebook , Instagram , Google+ , Snapchat: falandodebeleza 

 

Lançamento AVÈNE: TriAcnéal EXPERT Antiacne Pele Adulta

Avène-TriAcnéal-EXPERT

Pesquisas da Pierre Farbre – Avène detectaram que quase 40% das mulheres entre 20 e 40 anos apresentam acne adulta. O fenômeno parece estar aumentando. Ele ocorre predominantemente na área inferior do rosto, como micro cistos e lesões inflamatórias. E as causas apontadas são: de hormônios, estresse e noites mal dormidas; e, possivelmente, também devido à má alimentação e à hereditariedade.

Assim a Avène desenvolveu TriAcnéal EXPERT para o cuidado diário, para agir em três frentes, com três ativos complementares:

DIOLÉNYL® (patente da Pierre Fabre) que previne e trata as lesões da acne com sua ação potente anti-inflamatória e antibacteriana contra acnes com redução de -99,9%. X-PRESSINTM com ação esfoliante de origem natural. Seu modo de ação fisiológica fornece esfoliação suave e eficaz. E RETINALDEÍDO, o renovador cutâneo de referência que elimina as marcas residuais de acne e cicatrizes, com redução de 74% e suaviza as rugas.

Benefícios: 

ESFOLIANTE X-ExpressinTM ajuda a reduzir cravos e suaviza a textura da pele.

ALISADOR Retinaldeido favorece a atenuação de manchas residuais, oferecendo benefícios anti-envelhecimento.

CALMANTE Avène Água térmica restaura todas as propriedades suavizantes, anti-irritantes.

Preço sugerido: R$ 124,90.

Tô precisando muito desse produto pois as acnes resolveram me atacar novamente!!! rsrsrs

Para mais detalhes: www.eau-thermale-avene.com.br

Um ótimo fim de semana para todos! Ahh e voltem sempre!

Patrícia Cabral  —> Facebook , Instagram , Google+ , Snapchat: falandodebeleza