Acne na mulher adulta, quais as causas e como tratar.

acne-mulher-adulta

Uma das grandes vantagens que o adolescente vê em sair dessa fase é deixar a acne pra trás, no passado, certo? Infelizmente, não é possível mais afirmar que, ao virar adulto, você deixará de ter espinhas. Isso porque uma das grandes reclamações dos pacientes acima dos 20 anos em consultórios dermatológicos é o fato de voltar a ter acne. As causas são variadas, bem como os tratamentos, como você descobre agora!

•E quais as causas, então?

Na adolescência, os grandes culpados da acne são a variação hormonal e o fator genético. Na idade adulta, os vilões são (muito!) variados e as espinhas podem aparecer por estresse, uso errado de cosméticos, problemas hormonais, pílula anticoncepcional e, claro, uma alimentação ruim também desencadeia (ou piora) o problema.

•O estresse:

quando você passa por períodos excessivos de nervoso, seu organismo tende a não funcionar tão bem e pode existir uma sobrecarga nas glândulas sebáceas. Assim, os poros da pele entopem e a consequência você já conhece: a acne faz uma visita nada bem-vinda.

•Disfunção hormonal:

causada principalmente em mulheres com síndrome do ovário policístico. Os ovários são responsáveis por nivelar as taxas de hormônio masculino e feminino no corpo da mulher e, quando estão desregulados, a testosterona fica em alta, causando excesso de oleosidade na pele. E aí a pele se enche de acne mesmo. Sem contar que esse tipo de problema pode fazer com que nasçam pelos mais grossos na mulher, inclusive no rosto. Ninguém merece, não é?

•A alimentação:

se você basear seu cardápio em frituras, carnes gordurosas e excesso de açúcar, sua pele sente, ficando também mais sebosa. Por isso, tem que comer com equilíbrio, abusar das frutas, carnes magras, alimentos ricos em soja (rica em isoflavona, que ajuda a regular as glândulas sebáceas) e, claro, tomar muita água. Frutas ricas em vitamina A (manga, mamão) e C (as cítricas) são excelentes para uma pele bonita.
•Medicamentos:

os corticóides e os anabolizantes são osmaiores vilões no caso da acne.

•Uso de cosméticos impróprios:

tem muita mulher que ama comprar cremes e maquiagens, esquecendo que esses produtos não foram pensados para a mulher brasileira, sem contar que costumam ser bem mais caros. Eles são oleosos demais, incompatíveis com quem vive num país tropical. O ideal é usar produtos livres de óleo e sempre prescritos pelo seu dermatologista.

•O excesso de calor:

no verão, como usamos mais protetor solar, pode haver um acúmulo de impurezas na pele. Se você não lavar com um sabonete correto, as espinhas acabam surgindo mesmo.

acne-mulher-adulta2

•Como tratar a acne adulta?

O primeiro passo é jamais cutucar ou espremer as espinhas, assim como ensinamos os adolescentes. Esse hábito horrível faz com que os micro-organismos presentes nas unhas causam um processo inflamatório, piorando o estado da pele.
O segundo passo é marcar logo com seu médico dermatologista. Ele vai conversar com você, perguntar sobre seus hábitos, examinar sua pele e provavelmente pedir alguns exames (ainda mais quando a questão aponta para problemas hormonais). Em seguida, ele vai lhe propor o tratamento mais indicado.
Agora, quando a questão é mesmo hormonal, seu dermatologista vai lhe pedir pra consultar um ginecologista pra que seja feito um tratamento. Caso contrário, as espinhas vão persistir.

•Os tratamentos mais indicados:
Existem vários e só seu dermato pode lhe passar o mais indicado, nunca faça nada por conta própria. Peelings superficiais, luz pulsada, medicamentos de uso tópico à base de ácido retinoico, antibióticos, isotretinoína costumam ser uma ótima opção de tratamento para combater a acne da fase adulta.

•Cuidados sempre bem-vindos

  • Lave o rosto com sabonete indicado pelo seu médico duas vezes ao dia, não mais que isso. Se você lavar mais, a pele acaba criando mais sebo.
  • Jamais durma de maquiagem, isso entope os poros.
  • Evite passar as mãos no rosto sem lavá-las antes, assim você evita levar micro-organismos para o rosto, provocando uma sujeira desnecessária.
  • Nunca use cremes de amigas ou conhecidos só porque lhe disseram ser bom. Lembre-se de que cada pele tem uma característica.
  • E, claro, ao primeiro sinal de que algo anda errado com sua pele, marque dermatologista. Todo tratamento que começa cedo tem um efeito melhor e mais rápido.
Fonte: jcnetsaude

Beijocas

Patty

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s