Estrias… De quem é a culpa??

Todo mundo a odeia , ninguém quer a sua visita e quando ela chega, não quer mais sair, a bendita e temida estria, presente em 80% das mulheres!

Quais as causas do aparecimento das indesejadas estrias :

Genética: uma pele elástica e resistente que tenha abençoado as mulheres da sua família, de geração em geração, pode salvá-la da infiltração das estrias no seu corpo…ou vice-versa.

Alterações hormonais: a adolescência é marcada pelo aumento da produção de estrógeno e progesterona, bem como pela fase dos “pulos de crescimento” e este descontrole hormonal pode fragilizar as fibras de colágeno e elastina, o que permite a distensão dos tecidos.

Alterações de peso: quem emagrece ou engorda rapidamente e/ou excessivamente tem uma maior probabilidade de registar estrias na pele, uma vez que estas variações de volume contraem e esticam a pele de forma pouco natural. No mesmo sentido, quem pratica musculação também está sujeito a “sofrer” com as estrias e aqui os homens estão, naturalmente, incluídos.
Gravidez: esta fase da vida de uma mulher está invariavelmente relacionada com as estrias, devido às diversas alterações que o corpo regista. Aproximadamente 75% das mulheres grávidas são afectadas e as estrias atacam principalmente no terceiro mês de gestação (seios e zona lombar) e no sexto (abdómen, glúteos e coxas).

Fármacos corticóides: a toma de medicamentos, injecções, cremes ou pomadas à base de corticóides provocam a retenção de líquidos o que, por sua vez, favorece o inchaço e a diminuição de elasticidade da pele – os inimigos número um das estrias.

Celulite: a odiada celulite já é um pesadelo para muitas mulheres e saber que também ela pode contribuir para a formação de estrias, não abona nada em seu favor! A celulite é uma acumulação de gordura na hipoderme, aliada à retenção de água e ao envelhecimento do tecido conjuntivo – ora este trio atrofia a circulação, o que diminui a quantidade de substâncias que nutrem os fibroblastos – as células responsáveis pela produção das fibras elásticas e colágenas.

Prevenção: prevenir é sempre o melhor remédio e no caso das estrias isso significa a hidratação diária do corpo, por dentro (consumir água) e por fora (não largue o seu creme hidratante!). Para além disso, aconselha-se a prática de exercício físico moderado, mas regular; a activação do sistema circulatória através de duches onde alterna entre jatos de água quente e fria; deixar de fumar; reduzir ou eliminar o consumo de refrigerantes e cafeína; evitar vestir roupas muito apertadas e que podem constranger a circulação.

Beijocas

Patty

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s